Federação Portuguesa da Indústria da Construção e Obras Públicas

O SETOR DA CONSTRUÇÃO EM ABRIL DE 2016

Recuperação adiada para o segundo semestre

Em 2016, os indicadores da atividade da Construção mantêm-se a um nível dececionante. Segundo o INE, o Índice de Produção da Construção continua a evoluir de forma negativa, tendo registado uma quebra superior a 4% durante os dois primeiros meses do ano, enquanto o consumo de cimento caiu 7% no mesmo período. Pelo contrário, as perspetivas de evolução futura são positivas, com a procura dirigida ao Setor a recuperar, tal como indica o crescimento observado no licenciamento de novas construções e o significativo acréscimo registado pelo valor dos concursos públicos promovidos face ao ano passado.

Recuperação da construção adiada para o segundo semestre

26-04-2016

Em 2016, os indicadores da atividade da Construção mantêm-se a um nível dececionante. Segundo o INE, o Índice de Produção da...

Ver mais

Construção inverte tendência após 13 anos de quebras

14-03-2016

Em 2015, verificou-se um crescimento de 3,0% do Valor Bruto de Produção do setor da Construção, em resultado da evolução...

Ver mais

Setor regista primeira variação semestral positiva desde 2007

10-11-2015

O setor da Construção ficou marcado, no primeiro semestre de 2015, pela inversão da tendência recessiva...

Ver mais

Obras públicas em queda travam recuperação da Construção

22-06-2015

A Construção continuou, nos primeiros meses de 2015, a revelar um comportamento assaz instável, com a melhoria de alguns...

Ver mais

© 2011 Fepicop. Todos os direitos reservados.

Redicom.pt