Federação Portuguesa da Indústria da Construção e Obras Públicas

O SETOR DA CONSTRUÇÃO EM JUNHO DE 2016

No primeiro trimestre, a produção cai mas o emprego aumenta

A par de uma procura muito dinâmica no mercado imobiliário, traduzida num crescimento de 70% no montante de novas operações de crédito para aquisição de habitação e num aumento de 23% no número de fogos novos licenciados até abril (com um acréscimo de 17% em termos de área licenciada), mantém-se uma evolução homóloga negativa, embora mais moderada do que nos meses iniciais do ano, no valor dos contratos de empreitadas de obras públicas adjudicados até maio (-0,4%), após a redução de 41% verificada ao longo do ano de 2015, a qual continua a ser determinante para a evolução negativa da produção deste segmento.

Produção cai mas emprego aumenta

30-06-2016

Os valores das Contas Nacionais Trimestrais relativas ao primeiro trimestre de 2016 e disponibilizadas recentemente pelo INE...

Ver mais

Recuperação da construção adiada para o segundo semestre

26-04-2016

Em 2016, os indicadores da atividade da Construção mantêm-se a um nível dececionante. Segundo o INE, o Índice de Produção da...

Ver mais

Construção inverte tendência após 13 anos de quebras

14-03-2016

Em 2015, verificou-se um crescimento de 3,0% do Valor Bruto de Produção do setor da Construção, em resultado da evolução...

Ver mais

Setor regista primeira variação semestral positiva desde 2007

10-11-2015

O setor da Construção ficou marcado, no primeiro semestre de 2015, pela inversão da tendência recessiva...

Ver mais

© 2011 Fepicop. Todos os direitos reservados.

Redicom.pt